Sua postura influencia sim na qualidade de vida

Na literatura o conceito de Postura Corporal (PC) é abordado por diversos autores como o posicionamento dos segmentos corporais no espaço, dependente dos reflexos miotático, labiríntico, epitelial e visual para que haja a menor sobrecarga possível no indivíduo, evitando mecanismos de fadiga.

Portanto, a PC também está relacionada às adaptações neurais e musculoesqueléticas durante os movimentos, fragmentando a definição em Postura Corporal Estática (PCE) e Postura Corporal Dinâmica (PCD).

Vamos com calma e vejamos suas características

As características individuais e fatores extrínsecos influenciam de maneira significativa na postura corporal, tais como a personalidade, gênero, idade, etnia, atividades de vida diária, ambiente, temperatura e até mesmo a saúde mental.

O desenvolvimento neuropsicomotor e o processo evolutivo da espécie humana são determinantes de suas características posturais, contribuindo para a posição bípede, que se opõe à força gravitacional.

O equilíbrio da postura corporal é um processo complexo, submetido ao funcionamento dos sistemas vestibular, visual, do sistema nervoso central e periférico, bem como das respostas adequadas do sistema musculoesquelético aos estímulos sensoriais.

Estas respostas se relacionam com a integridade da amplitude de movimento (flexibilidade), força muscular e propriocepção. Como estratégia biomecânica de manutenção do equilíbrio, o indivíduo busca sustentar seu centro de gravidade no interior da sua base de apoio utilizando todas as atribuições descritas.

Os causadores de problemas

Entre os fatores que desencadeiam alterações posturais, que muitas vezes apresentam características irreversíveis, destacam-se posicionamentos incorretos. Além da alta sobrecarga no ambiente de trabalho e durante as atividades domiciliares, uma vez que as posturas ideais para execução das tarefas normalmente não são respeitadas.

Os indivíduos que são submetidos a uma sobrecarga superior ao limite de sua massa corporal e que não seguem os critérios de ergonomia podem sofrer lesões graves.

É importante ressaltar que diversas condições clínicas e doenças, além dos maus hábitos na vida diária, podem cursar com má postura. Entre eles temos os seguintes causadores.

Hérnias Discais

As hérnias discais são condições de deslocamento do núcleo pulposo (estrutura central do disco intervertebral) que causam uma compressão das raízes nervosas ou da própria medula espinhal.

Espondilólise

Definida como alterações estruturais na coluna vertebral, que geralmente acometem as lordoses cervical e lombar. A localização se deve ao fato de as lordoses representarem as regiões de maior mobilidade.

Espondilolistese

Definida pelo deslizamento anterior do corpo de uma vértebra sobre a outra. A espondilolistese traumática é uma condição mais rara, e se dá na coluna lombar em indivíduos adultos, manifestando no paciente sintomas como fraqueza muscular e redução da Amplitude de Movimento (ADM).

Fraqueza Muscular de Tronco – Flacidez Abdominal

O sedentarismo e a obesidade contribuem para o enfraquecimento da musculatura estabilizadora da coluna vertebral.

Espondilite Anquilosante

Doença inflamatória dos tecidos conjuntivos, atinge diversas articulações e faz com que o paciente assuma uma postura fletida, conhecida como “Postura de Esquiador”.

Doenças Neurológicas

O Sistema Nervoso Central e periférico participam do controle postural, e lesões em suas estruturas vão causar diferentes resultados nas articulações.

Portanto, atenção

Cuidar da postura é muito mais que um simples alinhamento, é melhorar a função de vários órgãos e sistemas. O desequilíbrio da postura corporal está relacionado à fraqueza muscular, dores osteomioarticulares, redução do ar mobilizado nos pulmões e até mesmo a complicações renais e gastrointestinais.

As condutas expostas neste artigo poderão nortear o tratamento fisioterapêutico dos desvios posturais e prevenir que o corpo seja prejudicado de maneira global. Além disso, os próprios pacientes e familiares poderão reconhecer a importância da reabilitação e se sentir motivados a buscar o tratamento.

Somente profissionais qualificados são capazes de tratar a postura corporal, e para uma abordagem completa é preciso que fisioterapeutas, psicólogos, médicos, nutricionistas e educadores físicos estejam intervindo em conjunto, considerando as origens do posicionamento corporal no espaço.

Você pode gostar de...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *